Mecânico transforma terreno seco e arenoso em um sítio produtivo e diversificado

Tudo o que vem sendo produzido na ‘Chácara 3 Irmãs’ é vendido nas feiras de Santa Filomena (PI), aos sábados, e de Alto Parnaíba (MA), aos domingos.

Por João Victor 05/08/2017 - 19:16 hs
Mecânico transforma terreno seco e arenoso em um sítio produtivo e diversificado
Pedro Mecânico está produzindo frutas e verduras em cima da areia.

A cada dia o brasileiro consome mais frutas e verduras. O mercado é amplo e há lugar para todas as espécies. Assim, a exploração de um pomar ou de uma horta nos dias atuais nem sempre é feita pelos agricultores tradicionais.

 

Devido às transformações sociais e econômicas no campo e à concentração da população urbana, surgiu, principalmente próximo dos centros urbanos, um novo tipo de produtor rural: o agricultor de sítios e chácaras, com a grande maioria morando lá mesmo e tendo suas atividades profissionais nas cidades.

 

PLANTANDO FRUTAS E HORTALIÇAS NA AREIA – Um solo arenoso não é normalmente considerado adequado para o cultivo de hortaliças e frutas. Mas o senhor Pedro ‘Mecânico’, com ajuda do diarista José Milton, da esposa Rogéria e das filhas Emilly, Brenda e Prieta, está mostrando e provando que cultivar produtos nesses solos (que não serviam para nada) pode ser a forma viável e eficaz de fornecer uma fonte confiável e sustentável de alimentos.  

 

Na Chácara 3 Irmãs, com área de 2,5 hectares, no quilômetro 2 da rodovia PI-254, depois da subestação da Eletrobrás Piauí, portanto a 1.000 metros da BR-235/PI e da zona urbana (Brejo das Ovelhas) de Santa Filomena, no oeste do Piauí, Pedro Mecânico e seu grupo familiar estão aumentando a renda mensal plantando: coentro, alface, salsinha, pimentão, tomate, couve, couve-flor, repolho, cebola, cebolinha, cenoura, beterraba, pepino, abobrinha, almeirão, pimenta de cheiro, rabanete, rúcula, berinjela, hortelã e jiló.

 

Além da produção de porcos, galinhas, macaxeira e cana, a Chácara 3 Irmãs também dispõe de diversas espécies de plantas frutíferas, como: manga, caju, laranja, goiaba, umbu, banana, maracujá, amora, tamarindo (doce e azedo), acerola, abacate, cajá, limão, coco, jaca, mamão e a exótica Lichia, da China.

 

Tudo o que vem sendo produzido na Chácara 3 Irmãs é vendido nas feiras de Santa Filomena (PI), aos sábados, e de Alto Parnaíba (MA), aos domingos.

 

Investimento - Segundo o sitiante Pedro Mecânico, que durante a semana presta serviços a fazendas de soja de Santa Filomena e de Alto Parnaíba, a menos de 2 anos comprou a área por R$ 9 mil e gastou R$ 18 mil para perfurar um poço artesiano, com bomba para elevar mais de 4.000 litros/h.

 

Mas contou ao Blog do José Bonifácio que a ideia está dando certo: “Foi muito difícil para nós, tivemos que comprar o terreno, perfurar o poço e começar a construir a casa, que ainda nem concluímos. Graças a Deus, está indo bem. Temos prazer em receber os amigos”, disse Pedro Mecânico. 

 

 

 

Fonte: Blog José Bonifácio