Preços baixos é na loja ASTRO-REI de Bom Jesus, realize o seu sonho agora mesmo...
Arraiá UNOPAR
Pinheiro e Elvas
Senac - top
Rechaud top
BOM JESUS

Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus

Veja como pensa alguns dos vereadores do município em relação ao assunto.

02/10/2018 11h17Atualizado há 9 meses
Por:

A primeira sessão do mês de outubro, da Câmara dos Vereadores de Bom Jesus aconteceu nesta segunda (01). A manhã foi marcada por um debate sobre a lei complementar 152/15, promulgada pela presidenta Dilma Rousseff, sobre a aposentadoria compulsória dos servidores públicos. A lei já estava em pauta pelo legislativo para ser votada, e adiada por não representação da classe na sessão, pedido do vereador Jacó Alves.  Na sessão, esteve presente Zilmarino Fernandes, gerente de previdência BOMPREV, Renato Baião, presidente dos servidores públicos municipais e o assessor jurídico Gabriel Fonseca.

Renato Baião, que obteve uma das falas iniciais, mencionou que o sindicato não teve acesso a essa votação da lei, e defendeu - se do fato de não ter comparecido as outras sessões. “Não tivemos acesso, queria pedir a Vossa Excelência que nos dê um tempo para encaminhar a nossa assessoria jurídica, na próxima sessão teremos um posicionamento. E outra, não sou irresponsável, como me chamaram na bancada, se não houve um chamado ou convite, como vou saber que tenho que comparecer à sessão? ”, disse Renato.

Zilmarino se posicionou a favor da lei, que era contestada pelos vereadores Jacó e Salvador, e foi apoiada pelo vereador Cizito. “ Não podemos esperar, temos que votar isso hoje. É apenas uma adequação, a lei vem de cima, seriamos bobos se votássemos contra, temos que seguir o que mandam de cima para baixo”, reiterou Cizito. Salvador rebateu, “Professor não rende mais depois dos 60 anos, isso não dá, sou contra”, relatou Salvador.

O Assessor Jurídico Gabriel Fonseca, em fala direta, explicou a lei da aposentadoria compulsória para que não houvesse equívocos. Foi seguido pelo vereador Xavier. “Companheiro de bancada, essa lei é boa para os servidores”, relatou o vereador citando ainda exemplos de amigos que se beneficiariam com a lei.

Em meio a alteração dos ânimos, o presidente da Câmara Nestor Elvas, avaliando todo o contexto da situação, concedeu o prazo novamente, para que desta vez os representantes dos servidores públicos pudessem se organizar. “Votaremos na próxima  sessão”, disse Nestor. 

  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
  • Lei da Aposentadoria Compulsória é 'tema quente' da sessão em Bom Jesus
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.