Preços baixos é na loja ASTRO-REI de Bom Jesus, realize o seu sonho agora mesmo...
Vaquejada
Senac - top
Rechaud top
VEJA OS DETALHES

Polícia prende acusado de executar homem em Colônia do Gurgueia

O acusado de ser o autor do crime havia sido contratado pela vítima para matar sua ex-mulher.

10/04/2019 17h22
Por: João Victor
Fonte: GP1
Crime aconteceu em fevereiro.
Crime aconteceu em fevereiro.

Um homem identificado como Francinildo Luís dos Santos foi preso na última segunda-feira (08), acusado de executar Edinaldo Carvalho Soares em uma estrada vicinal que liga os municípios de Colônia do Gurgueia e Manoel Emídio.

Em entrevista nesta quarta-feira (10), o delegado Yan Brayner, responsável pelo caso, explicou toda a dinâmica da investigação que levou até a prisão do acusado. “No dia 22 de fevereiro, a gente foi informado por policiais militares de Colônia do Gurguéia que eles haviam encontrado uma pessoa morta em uma estrada vicinal que liga Colônia a Manoel Emídio, o corpo estava do lado de um carro, a porta do motorista estava aberta e havia uma marca de disparo de arma de fogo na região da cabeça”, disse o delegado.

“Como era um local um pouco ermo, foi necessário um trabalho de investigação bem complexo para a gente chegar ao autor do crime. Pois inicialmente se apontava como principal suspeito o atual namorado da ex-mulher da vítima, porque o que aconteceu: a vítima desse homicídio era casado e largou a esposa para viver com uma outra mulher, o marido dessa outra mulher então começou a se relacionar a ex-esposa da vítima, eles meio que trocaram os casais, então todo mundo apontava esse homem como o autor, mas nós vimos que o rapaz que citei não tinha nenhuma participação no crime”, explicou Yan.

O delegado de Canto do Buriti, ainda explicou que as investigações tomaram outro rumo com o depoimento de uma testemunha chave. “Foi aí que partimos para outras linhas de investigação e ouvimos uma testemunha que viu minutos antes do crime o Francinildo junto com o Edinaldo dentro do carro. Essa pessoa soube que poucos dias antes do fato o Edinaldo havia entregue uma arma a Francinildo para que ele matasse sua ex-esposa devido ela estar namorando o ex-marido de sua atual companheira, e que essa arma havia se perdido em um matagal pouco antes do Francinildo ser abordado pela Polícia Militar, e após isso o Edinaldo passou a cobrar essa arma dele”, detalhou.

Após o depoimento o delegado representou pela prisão temporária de Francinildo Luís dos Santos. Com o mandado de prisão em mãos, o suspeito foi preso na última segundafeira. “Nós representamos pela prisão temporária do Francinildo ao juiz da comarca de Manoel Emídio, ele deferiu, segunda demos cumprimento ao mandado, fomos até a casa dele no bairro Sol-nascente nas primeiras horas da manhã e realizamos a prisão”, informou Yan.

“No interrogatório ele confirmou todas as informações repassadas pela testemunha, confessou que matou o Edinaldo com um tiro na cabeça, mas disse que na verdade ele agiu em legítima defesa. Eles estavam indo juntos no carro, o Edinaldo tinha combinado com ele de fazer umas coisas, não deu muito certo, eles discutiram e acabou resultando nesse homicídio. A arma que ele usou no crime ele afirma que era da vítima, e que após atirar jogou no rio Gurgueia”, finalizou o delegado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.