Quarta, 18 de julho de 2018
89 98106-9327

25º

Min 22º Max 34º

Muito nublado

Teresina - PI

às 01:52
Geral

09/07/2018 ás 14h40 - atualizada em 09/07/2018 ás 14h50

Redacao

Bom Jesus / PI

'Samu' usa foto de Neymar para coibir alarmes falsos
Diz: '75,8% das chamadas para o 112 também não são emergências'.
'Samu' usa foto de Neymar para coibir alarmes falsos

O Inem (Instituto Nacional de Emergência Médica) de Portugal aproveitou a Copa do Mundo para divulgar seu importante serviço e algo que o atrapalha: as falsas emergências.


Para chamar a atenção do público, em suas redes sociais, usou a foto de Neymar com cara de dor no gramado acompanhado da frase: "75,8% das chamadas para o 112 também não são emergências".


O camisa 10 da seleção brasileira tem sido criticado por cair muito e simular grandes contusões nas partidas do Mundial. Imprensa internacional, adversários e grandes ex-jogadores têm reclamado do comportamento exagerado do jogador do Paris Saint-Germain. "Palhaço" e "ator" foram alguns dos adjetivos usados para classificar o atleta.


"É absolutamente patético. Ninguém duvida das suas habilidades, é um jogador magnífico. Ainda assim, é realmente patético quando começa a rolar como se estivesse em agonia. Por que ele acha que precisa fazer isso?", questionou o ex-atacante inglês Alan Shearer, por exemplo.


"Irritante" foi a palavra usada pelo ex-goleiro dinamarquês Peter Schmeichel ao ver as simulações. "Parece que ele está morrendo. Eu pensei que eles iam colocar ele numa maca, levar para uma ambulância e então nós nunca mais o veríamos", afirmou durante uma transmissão em uma emissora russa de televisão.


O argentino Maradona também fez seu comentário sobre Neymar após o pisão que levou em uma jogada fora de campo na vitória do Brasil sobre o México. A jogada foi com Miguel Layún, que não foi advertido pelo árbitro.


"Neymar tem que decidir: ou nos faz rir ou nos faz chorar. Quando o mexicano pisou no seu pé, nós choramos, mas ao vê-lo correr depois, é para rir. Como será esta história? Ou é [cartão] amarelo pela falta do mexicano ou para a simulação de Neymar."


Mas o brasileiro se defendeu: "Isso é complicado, não é uma coisa que cabe a mim. Só sofro a dor. Tomei um pisão desleal, da minha parte acho que fora da jogada, fora do campo. Acho que não pode. Mas é isso, eles falaram demais antes da partida e foram embora para casa."


Especialistas em artes cênicas ouvidos pelo "New York Times" deram seu parecer quando assistiram a vídeos do atacante. "Neymar faz o que todos os atores iniciantes costumam fazer. Exagera na interpretação", afirmou Jim Calder, professor de arte dramática na Tisch School of the Arts, parte da Universidade de Nova York.


VIRAL
Um vídeo da rede de fast-food KFC também foi associado ao drama de Neymar.


Na web, a campanha em que mostrava um jogador rolando de dor no gramado fez sucesso, viralizou e os internautas não perdoaram o atacante brasileiro.


Porém a marca disse que a criação da agência Ogilvy não fazia referência a um jogador específico e foi lançada antes da primeira partida do Brasil Copa do Mundo.


Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados