Quarta, 14 de novembro de 2018
89 98106-9327

32º

Min 25º Max 36º

Parcialmente nublado

Teresina - PI

às 11:30
Geral

29/07/2018 ás 14h58 - atualizada em 29/07/2018 ás 19h57

JEFERSON FERREIRA

Corrente / PI

Rodovia Gilbués/Santa Filomena está colocando em risco à vida da população
Com menos de dois anos que foi entregue, a PI 253 liga a BR 135 ao Maranhão.
Rodovia Gilbués/Santa Filomena está colocando em risco à vida da população

Motoristas que trafegam pela rodovia estadual 235/PI (estrada Gilbués / Santa Filomena), principalmente nos últimos 50 quilômetros, no sentido Santa Filomena, estão expostos a riscos por causa de buracos no acostamento e afundamentos nas pistas de rolamento, além de uma depressão na Grota do Marimbondo, entre a ladeira da Cambaúba e o Povoado Matas.


Na ladeira do Saquinho, descida para o Povoado Matas, parte do acostamento cedeu devido a uma erosão no solo, durante o período chuvoso, e o buraco está quase invadindo a pista. Situação parecida também ocorre na curva da Fazenda Certeza, a 18 km da zona urbana de Santa Filomena. O problema vem se arrastando há meses, desde as chuvas intensas do início do ano, mas até o momento, nenhuma providência está sendo tomada.


Outro grande perigo aos condutores de veículos são as irregularidades nas pistas de rolamento, em diversos trechos, do Povoado Matas à Ponta da Serra, onde o asfalto cedeu, formando trilhos (bitolas). O maior risco ocorre em dias chuvosos, pois a água pode fazer o veículo “Aquaplanar”.


DEPRESSÃO NA PISTA - Mas o que vem aborrecendo mesmo os motoristas que transitam por esta rodovia é o rebaixamento da pista no bueiro da Grota do Marimbondo. A depressão tem cerca de 30 centímetros de profundidade e, se passar a mais de 120 km por hora, pode desequilibrar o veículo e capotar, com aconteceu dias atrás com uma caminhonete Hilux, que tombou no local e causou a morte instantânea de um senhor. Para aumentar o risco, caminhões e outros veículos que transitam no sentido Gilbués precisam invadir a faixa contrária para passar, inclusive pelo acostamento, tentando fugir do “pulo”. Como se não bastasse o precipício, chama atenção à falta de sinalização. Não existe placa alertando sobre o perigo e pedindo a redução da velocidade. Até uns cones velhos que lá colocaram não se encontram mais.


GARANTIA QUINQUENAL - Nunca é demais lembrar que a BR-235/PI, foi entregue oficialmente em 09 de dezembro de 2016, a pouco menos de dois anos, portanto, dentro do prazo de cinco anos, em que o construtor responde pela solidez e segurança da obra pelo prazo de 60 meses, nos termos do artigo 618 do Código Civil. O tal prazo de garantia quinquenal equivale dizer que os defeitos que vierem a surgir na rodovia durante esse prazo de cinco anos devem ser reparados pela Construtora, que deve ser acionada no prazo prescricional legal.

FONTE: José Bonifácio

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Santa Filômena-PI

Santa Filômena-PI

Blog/coluna Notícias da cidade.
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados