O maior parque solar do Piauí será em São Gonçalo do Gurgueia

A cidade fica entre Corrente e Gilbués.

Por REDAÇÃO B1 01/02/2018 - 19:31 hs

Em reunião, no Palácio de Karnak, nesta quinta-feira (1º), o governador Wellington Dias recebeu representantes da Enel Green Power, multinacional que já atua no Piauí com a maior empresa de energia solar da América Latina e que agora amplia seus investimentos para os municípios de São Gonçalo do Gurguéia e Lagoa do Barro. Na ocasião, foi apresentado o potencial de geração elétrica de novos investimentos e discutida a parceria para a capacitação de pessoal e infraestrutura necessárias.

Com a maior área de exploração de energias renováveis ofertada no último leilão da União, o Piauí tem ampliados os investimentos na geração de energia solar e eólica. “Foram apresentados os investimentos em São Gonçalo do Gurguéia, que será um grande parque solar da região, duas vezes maior do que a de Ribeira do Piauí (Usina de Nova Olinda), e em outras regiões como Lagoa do Barro e Queimada Nova”, informou o secretário de Mineração e Energias Renováveis, Luís Coelho.

Para o secretário da pasta, a energia solar rapidamente irá chegar a 1 gigawat devido às novas aberturas de usinas fotovoltaicas no território piauiense e ao novo leilão da União previsto para 4 de abril. O Piauí possui mais de 1,3 GW só de energia eólica o que, de acordo com o governo, já é maior que o consumo de todo o estado. Na região de Lagoa do Barro a produção regulada, estabelecida através do leilão, é 510 megawatts e em São Gonçalo do Gurguéia 308 MW. Juntos, os novos investimentos da empresa multinacional chegam a aproximadamente R$ 10 bilhões.

“Fizemos uma reunião de trabalho para priorizar a contratação de empresas, de pessoas, cuidar da qualificação, da segurança, do licenciamento e da regularização fundiária. E da integração entre os dois municípios e os outros da região”, explicou o governador Wellington Dias.