Quarta, 20 de Outubro de 2021 07:01
89 98127-8118
Saúde Piauí

Sesapi retoma projeto de implantação do Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio

Acolher Pessoas com ideação suicida ou que tentaram suicídio, advindas de demanda espontânea ou regulada por outros pontos da rede Socioassistencial é um dos pontos do projeto

09/07/2021 17h09 Atualizada há 3 meses
Por: Redação Geral Fonte: Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A equipe técnica da Gerência de Atenção Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde, Virgínia Pinheiro e Gisela Brito, esteve reunida com diretoria e técnicos do Ambulatório Dirceu Mendes Arcoverde (Ambulatório Azul) na manhã desta sexta-feira (09).  A visita sinaliza o retorno do projeto de implantação do Núcleo Estadual de Prevenção ao Suicídio para atendimento Ambulatório especializado a pessoas com comportamento suicida.

Acolher Pessoas com ideação suicida ou que tentaram suicídio, advindas de demanda espontânea ou regulada por outros pontos da rede Socioassistencial; oferecer escuta qualificada e intervenções diretivas pela equipe multiprofissional sob a ótica interdisciplinar; Articular com as Redes de Atenção para cuidado compartilhado; Diminuir o número de casos de violência autoprovocada da população piauiense e ajudar a reduzir a taxa de mortalidade por suicídio são alguns dos objetivos que a implantação do núcleo tem.

Virginia Pinheiro, gerente de saúde mental da Sesapi, destaca os benefícios que a implantação do núcleo irá trazer para a área da saúde mental dentro do estado do Piauí. “Com a implantação do núcleo será possível ter um ambiente mais propício para atendimento dessas pessoas, com uma equipe qualificada que possa fazer esses atendimentos da forma correta, escutando os pacientes que chegarem até o núcleo e dando os devidos encaminhamentos para cada situação”, aponta a gerente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.