Sexta, 14 de Junho de 2024
18°C 32°C
Bom Jesus, PI
Publicidade

Criança morre vítima da dengue em Teresina; 16ª morte no PI em 2024

A criança morreu ainda no início da semana, mas a confirmação da causa da doença saiu nesta quinta (6).

07/06/2024 às 09h05
Por: Redação B1- Bom Jesus-PI Fonte: Cidade Verde
Compartilhe:
Criança morre vítima da dengue em Teresina; 16ª morte no PI em 2024

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina confirmou nesta quinta-feira (6) mais uma morte por dengue na capital. É a terceira morte pela doença em 2024 no município. A FMS informou que se trata de uma criança, mas não divulgou a idade e nem os detalhes sobre a internação. Agora, são 16 as vítimas por dengue em todo o Piauí.

A criança morreu ainda no início da semana, mas a confirmação da causa da doença saiu nesta quinta (6). A morte ainda não foi contabilizado no painel epidemiológico da dengue do Ministério da Saúde (MS).

Essa é a terceira morte na capital do Piauí. As outras duas são de uma médica e do filho de cinco anos que morreram em maio.

Mortes por dengue em 2024 quadruplicam em comparação ao ano passado 

alta de casos de dengue já levou à morte 16 pessoas no Piauí. O aumento dos casos da doença chega a cerca de 90% em comparação com 2023 e alcançou o quádruplo de mortes. Em 2023, foram quatro mortes pela doença em todo o estado. Em uma semana, houve registro de cinco mortes: duas em Bom Jesus, uma em Baixa Grande do Ribeiro, uma em Floriano e uma em Teresina.

Os municípios com registros de mortes são: Bom Jesus, Teresina, Baixa Grande do Ribeiro, Esperantina, João Costa, Manoel Emídio e Floriano.

Mortes confirmadas: 

Bom Jesus - 7
Teresina - 3
Baixa Grande do Ribeiro - 2
Esperantina - 1
João Costa - 1
Manoel Emídio - 1
Floriano - 1

Cuidado com criadouros do mosquito

Dentro de casa ou em locais públicos, é preciso ter cuidado com locais que acumulam água parada que possam estar servindo de nascedouro para os mosquitos. Esgotos com água parada, matos em calçadas próximo de casa e lixos acumulados são grandes violões no combate à doença.

Atenção aos sintomas da doença

A infecção por dengue pode ser assintomática ou apresentar quadro leve em alguns casos. Mesmo assim, é muito importante a população ficar atenta aos sinais, pois a doença pode evoluir rapidamente de um quadro leve para um quadro mais grave.

Os principais sintomas da dengue são febre, dor no corpo e nas articulações, dor atrás dos olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça, manchas vermelhas no corpo, dor abdominal intensa, vômitos, letargia ou irritabilidade.

Caso seja identificado algum sintoma da doença, a recomendação é procurar por uma unidade de saúde para realizar todos os procedimentos necessários. O médico identificará os sinais a partir de uma pesquisa com o próprio paciente e seguirá o protocolo oficial, que podem incluir exames laboratoriais.

Para os casos leves, a recomendação é repouso, enquanto durar a febre; hidratação (ingestão de líquidos); administração de paracetamol ou dipirona em caso de dor ou febre; e não administração de ácido acetilsalicílico. Na maioria dos casos, há uma cura espontânea depois de 10 dias.

É muito importante retornar imediatamente ao serviço de saúde em caso de sinais de alarme (dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento de mucosas). O protocolo sugere a internação do paciente para o manejo clínico adequado.

Vacina contra a dengue

A campanha de imunização contra a dengue acontece, atualmente, em 52 cidades do Piauí, sendo 31 do Território Entre-Rios, e 21 do Território Chapada das Mangabeiras. A vacinação atualmente tem como público-alvo crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, faixa etária que concentra maior número de hospitalização por dengue. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Geral
Ver notícias
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,35 -0,12%
Euro
R$ 5,72 -0,57%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,59%
Bitcoin
R$ 380,160,34 +0,43%
Ibovespa
119,567,53 pts -0.31%
Publicidade