Terça, 23 de Julho de 2024
16°C 35°C
Bom Jesus, PI
Publicidade

Quase 50 veículos são apreendidos em lojas que vendiam peças roubadas e furtadas no Sul do Piauí

Municípios em que as lojas estavam localizadas fazem fronteira com outros estados, o que facilitava a circulação de veículos com restrição criminal.

05/07/2024 às 15h01 Atualizada em 05/07/2024 às 15h13
Por: Redação B1- Bom Jesus-PI Fonte: G1
Compartilhe:
Quase 50 veículos são apreendidos em lojas que vendiam peças roubadas e furtadas no Sul do Piauí

Quase 50 veículos foram apreendidos pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-PI), desde quarta-feira (3) até esta sexta (5), nas cidades de São Raimundo Nonato, Jurema, Coronel José Dias e Anísio de Abreu, durante a Operação Rastreados. A operação visou lojas que vendiam peças e/ou veículos com restrição no Piauí.

Ao todo, a secretaria cumpriu 13 mandados judiciais em cinco lojas alvos, todas com atividades econômicas suspensas. Alguns dos lojistas foram presos em flagrante. A contagem dos veículos ainda está sendo realizada.

Segundo o delegado Matheus Zanatta, da Superintendência de Operações Integradas (SOI) da SSP-PI, os municípios em que as lojas estavam localizadas fazem fronteira com outros estados, o que facilitava a circulação de veículos com restrição criminal.

“Essa política de identificação de veículos com restrição vai ser implementada em todo o Piauí para reduzir os índices de roubo e furto. Vamos conscientizar a população, mostrando que não deve comprar peças ou veículos com procedência duvidosa sob pena de responder por receptação”, afirmou o delegado ao g1.

As mercadorias apreendidas nas lojas estão avaliadas em cerca de R$ 186 mil, conforme o auditor fiscal Bruno Carvalho, da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz-PI). Ele apontou que, além da persecução criminal, os lojistas irão enfrentar também a administrativa tributária.

“Sempre que forem comprar um veículo ou uma peça, os clientes devem estar atentos para pedir a nota fiscal e se certificar de que é válida, correta e não um simulacro”, orientou o auditor.

Operação Rastreados

Na 1ª fase da Operação Rastreados, os proprietários das lojas foram detidos e levados para as delegacias para prestar depoimento. Eles podem responder pelo crime de receptação.

Algumas vítimas de furto também foram intimadas para prestar depoimento, e reconhecer os veículos e peças roubadas. Uma moto, que havia sido roubada em 2021 e foi apreendida durante a operação, foi restituída para a dona.

Além das buscas, os policiais também fizeram blitz pelas cidades em busca de veículos roubados ou clonados, e conversaram com os condutores e empresários para conscientizá-los sobre o crime de receptação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Geral
Ver notícias
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,57 -0,05%
Euro
R$ 6,07 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,32%
Bitcoin
R$ 395,302,69 -1,19%
Ibovespa
127,859,63 pts 0.19%
Publicidade