Terça, 23 de Julho de 2024
16°C 35°C
Bom Jesus, PI
Publicidade

Filho do cantor Zé Vaqueiro morre aos 11 meses

A notícia foi publicada nas redes sociais do cantor na madrugada desta terça-feira (09).

09/07/2024 às 08h44 Atualizada em 10/07/2024 às 09h05
Por: Redação B1 - Gilbués
Compartilhe:

O terceiro filho do cantor Zé Vaqueiro e sua esposa, Ingra Soares, morreu aos 11 meses de idade. A notícia foi publicada nas redes sociais do cantor na madrugada desta terça-feira (09).

Arthur nasceu com uma malformação congênita causada pela síndrome da trissomia do cromossomo 13, conhecida como síndrome de Patau. Arthur ficou internado na UTI de um hospital em Fortaleza (CE) desde o parto, no dia 23 de julho do ano passado até o último 16 de maio, quando foi para casa pela primeira vez. No dia seguinte (17), a influenciadora contou que ele tinha voltado para a UTI após sofrer uma parada cardíaca.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

"Deus sabe de todas as coisas, e decidiu que era hora do nosso Arthur se juntar a Ele e descansar. Agradecemos do fundo de nossos corações o amor e as orações que nosso menino recebeu enquanto esteve entre nós. Ingra e José Jacson", diz o comunicado.

Ingra e o cantor também são pais de Daniel Martim, de 3 anos de idade, e Nicolly, de 13, de um relacionamento anterior da influencer. 

Zé Vaqueiro comunica a morte do filho Arthur — Foto: Reprodução/Instagram

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ingra soares (@lngra_)

O QUE É A SÍNDROME DE PATAU?

A síndrome de Patau, ou trissomia 13, é uma doença genética rara que ocorre em 1 em cada 5.000 recém-nascidos. É uma condição muito grave, que leva a diversas complicações. O diagnóstico pode ser feito ainda durante a gestação e o tratamento consiste em aliviar os sintoma.

A causa da síndrome de Patau é a presença de um cromossomo 13 adicional. Em vez de o paciente apresentar 46 cromossomos (22 pares de autossomos, mais os 2 cromossomos sexuais), ele usualmente apresenta 47 cromossomos, tendo um trio (e não um par) do cromossomo 13. Esses casos são chamados de trissomia livre.

Os bebês com Síndrome de Patau, em geral, têm problemas de crescimento no útero e nascem com baixo peso. A maioria apresenta defeitos cardíacos congênitos, e pode ocorrer microcefalia entre outros problemas. O bebê com Síndrome de Patau usualmente sobrevive apenas poucos dias ou semanas.

Raramente casos com trissomia parcial ou mosaico podem ter sobrevida mais longa. Deve ser oferecido tratamento de suporte e proporcionado o conforto possível e os pais devem receber apoio e aconselhamento genético.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Geral
Ver notícias
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,57 -0,05%
Euro
R$ 6,07 -0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,32%
Bitcoin
R$ 392,807,77 -1,82%
Ibovespa
127,859,63 pts 0.19%
Publicidade