Terça, 26 de Janeiro de 2021 19:08
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,33 -3.304%
Euro R$ 6,48 -2.81%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.12%
Bitcoin R$ 181.777,77 -1.115%
Bovespa 116.464,06 pontos -0.78%
Notícias EXTREMO SUL

Coronavírus: 3 cidades do extremo Sul registram casos suspeitos no PI

As informações são do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde.

20/03/2020 09h07 Atualizada há 10 meses
Por: Redação
Coronavírus: 3 cidades do extremo Sul registram casos suspeitos no PI

O Piauí registrou nesta quinta-feira (19) os três primeiros casos confirmados de infecção por Covid-19, o novo coronavírus. De acordo com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), até o momento, 25 municípios investigam casos tidos como suspeitos, entre eles estão Avelino Lopes, Corrente e Redenção do Gurgueia.

O superintendente de Atenção Integral à Saúde da Secretaria Estadual da Saúde do Piauí (Sesapi), Herlon Guimarães, informou que os pacientes e as pessoas com as quais eles entraram em contato foram mapeados e orientados ao recolhimento domiciliar.

“Quando há suspeição de casos, essas pessoas já são monitoradas. Existe todo um protocolo que tem que ser seguido. Essa pessoa passa por uma entrevista e nessa entrevista nós começamos a montar toda a história epidemiológica e essa história passa para que nós possamos conhecer o que aconteceu com a pessoa que chegou até essa suspeição” , informou Guimarães.

O superintendente de Atenção Integral à Saúde também reforça para o recolhimento domiciliar agora com a confirmação no Piauí.“Estamos confirmando a presença do vírus já no nosso estado. E as pessoas têm que manter a calma. Esse é o momento de praticarmos a informação recebida. Esse é o momento de praticarmos o isolamento social. Quem pode ficar em casa, deve ficar em casa. Lembrando que isso não é um treinamento, é uma vida real”, alertou.

Foram realizados 16 testes para coronavírus no Piauí, três deles com confirmação. A Sesapi não informou quantos exames devem ter resultado nesta sexta-feira (20).

O público-alvo do teste será apenas para quem está internado em estado grave ou para pessoas com suspeita que tenham tido contato próximo com pacientes testados positivo. “Porque a nível nacional não há exames suficientes para toda a população”, explicou Herlon. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.