Super Cell
Benvindo Variedades Gilbués
Supermercado Bessa Sodre
virus
BOM JESUS-PI

Ministro da Saúde pede adiamento das eleições Municipais

O Congresso pode aprovar um mandato tampão para os atuais vereadores e prefeitos.

22/03/2020 15h34Atualizado há 1 semana
Por: REDAÇÃO

O assunto já era tema corrente nas rodas políticas, com vozes contrárias e a favor. Mas agora a possibilidade de adiamento das eleições municipais deste ano ganha a força de alguém com aval técnico e lugar político privilegiado: o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Segundo veiculadas pelo jornal O Globo, o ministro defendeu a discussão imediata do adiamento em uma teleconferência com prefeitos, neste domingo. Na avaliação de Mandetta, essa medida impediria que o debate político comprometa o trabalho que precisa ser feito no combate ao coronavírus.

Quem provocou o ministro sobre as eleições foi o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, que denunciou a retenção de recursos por parte do governo do estado, que tem à frente um adversário político, Helder Barbalho. Mandetta defendeu a união políticas em torno da luta contra o coronavírus e propôs a discussão sobre o adiamento. O ministro foi além, avaliando que o Congresso pode aprovar um mandato tampão para os atuais vereadores e prefeitos. “Eleição no meio do ano vai ser uma tragédia. Vai todo mundo querer fazer ação política”, disse.

Sobre a liberação de recursos, o ministro da Saúde disse aos prefeitos que vai descentralizar a liberação de recursos, uma estratégia para agilizar as ações contra o coronavírus.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.