Benvindo Variedades Gilbués
virus
Supermercado Bessa Sodre
Super Cell
BRASIL

Anvisa recomenda que mortos por coronavírus sejam cremados

A agência emitiu uma série de orientações preventivas aos profissionais da saúde que realizam a autópsia.

23/03/2020 09h06Atualizado há 2 semanas
Por: REDAÇÃO

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu uma série de orientações aos profissionais da saúde que realizam autópsia, e às funerárias, sobre como lidar com os corpos de pessoas mortas por infecção da Covid-19, o novo coronavírus, também recomendou dar preferência à cremação em vez de enterro.

A Anvisa orienta que enquanto o corpo estiver no quarto do hospital, devem entrar no local apenas os profissionais de saúde estritamente necessários munidos dos equipamentos de proteção individual (EPIs). "Todos os profissionais que tiverem contato com o cadáver devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável e luvas", diz trecho do documento. A agência também recomenda cuidado na retirada de tubos, drenos e cateteres usados no paciente morto. Orienta inclusive a "limpar as secreções nos orifícios orais e nasais com compressas" e a "tapar/bloquear orifícios para evitar extravasamento de fluidos corporais".

Uma das orientações importantes é que o corpo deve ser colocado em saco impermeável à prova de vazamento e selado. A superfície externa do saco deve ser desinfetada com álcool 70%, solução clorada de 0,5% a 1%, ou outro saneante desinfetante. O saco deve ser identificado e conter a informação de risco biológico em razão do novo coronavírus. A maca de transporte de cadáveres deve ser usada apenas para esse objetivo.

"O(s) funcionário(s) que irá (ão) transportar o corpo do saco de transporte para o caixão, deve(m) equipar-se com luvas, avental impermeável e máscara cirúrgica. Remover adequadamente o EPI após transportar o corpo e higienizar as mãos com água e sabonete líquido imediatamente após remover o EPI", aconselha a Anvisa.

Também foi recomendado que os funerais devem ter o menor número possível de pessoas justamente para evitar aglomeração e consequentemente o contágio do vírus. O caixão deve ser mantido fechado para evitar contato com o corpo e o local do funeral deve contes água, sabonete líquido, papel toalha e álcool gel a 70% para higienização das mãos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.