Benvindo Variedades Gilbués
virus
Supermercado Bessa Sodre
Super Cell
PIAUÍ

Comissão de Emergência vai decidir na segunda se flexibiliza decreto

'Esse decreto tem um prazo de até terça-feira (31), vamos ouvir os prefeitos do Piauí e decidir a continuação ou flexibilizar alguns setores'.

26/03/2020 16h03
Por: REDAÇÃO

A Comissão Organizadora Emergencial do Piauí deverá decidir na segunda-feira (30) se as medidas preventivas do decreto - divulgado na semana passada determinando a suspensão de alguns serviços - serão mantidas ou prorrogadas devido a pandemia do novo coronavírus. A depender dessa reunião, alguns estabelecimentos poderão ser reabertos, por exemplo. 

A informação foi divulgada pelo governador Wellington Dias em coletiva virtual nesta quinta-feira (26). O gestor comentou que a audiência acontecerá para que ele possa ouvir gestores estaduais, municipais e federais, além de técnicos, para "garantir uma tomada de decisão sobre o decreto". 

"Esse decreto tem um prazo de até terça-feira (31). Vamos ter que tomar uma decisão: mantém a decisão da forma como está? é possível alguma alteração? é possível liberar algum setor? é possível restringir outro (setor)? Com base no que está acontecendo e vai acontecer até domingo (29) vamos ter na segunda essa avaliação e, com base nela,estarei tomando decisões", disse o governador.

Wellington Dias ressaltou que o Estado vai "continuar seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde, Ministério da Saúde e equipes técnicas para que, na próxima semana, possamos ter as condições de tomar medidas mais positivas”.

Dados

Até a manhã desta quinta-feira (26), dos 348 casos notificados, oito foram confirmados para a Covid-19, outros 173 foram descartados. O Piauí continua com 167 casos suspeitos. Nenhuma morte pela doença está confirmada no estado. 

"A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio do Laboratório Central do Piauí (Lacen), descartou três óbitos registrados na rede estadual. Outros quatro casos estão sendo investigados. Os casos descartados foram atendidos em Bom Jesus, Oeiras e Teresina. Os que estão sob investigação foram em São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Teresina. O resultado deve sair nos próximos dias", informou o Governo do Estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.