Supermercado Bessa Sodre
virus
Super Cell
Benvindo Variedades Gilbués
PIAUÍ

Ministério da Saúde confirma 9 casos de coronavírus no Piauí

O Brasil já soma 2.915 pessoas infectadas por Covid-19, com 77 mortes.

26/03/2020 21h21Atualizado há 2 semanas
Por: João Victor

O boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, no final da tarde desta quinta-feira (26/03), traz a confirmação de 9 casos de coronavírus no Piauí. O estado tem ainda 190 casos suspeitos.

Das 391 notificações feitas à Secretaria de Saúde do Estado, até 17h30 de hoje, 192 foram descartadas após a realização de exames.

O ministério aponta ainda que 4 dos infectados por coronavírus no Piauí estão hospitalizados. Três em Unidade de Terapia Intensiva e um em enfermaria.

Um mês após o registro do primeiro caso da doença no país, o Brasil já soma 2.915 pessoas infectadas por Covid-19, com 77 mortes (tabela acima apresentada na coletiva trazia um óbito computado erroneamente no DF).

Os estados de São Paulo (1052), Rio de Janeiro (421), Ceará (235) e o Distrito Federal (200), são os que têm mais casos confirmados da doença. 

Durante a coletiva, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira destacou que a tendência é para o aumento no número de casos de coronavírus, à medida que os testes começam a chegar em maior quantidade nos estados.

"Isso vai variar muito de acordo com a disponibilidade dos testes. Como o ministro [da Saúde] Mandetta se referiu ontem, na hora que nós tivermos todos os testes funcionando em carga máxima, um volume muito elevado [de confirmações]", explica.

Base de dados

A partir da madrugada desta sexta-feira (27), o ministério da Saúde vai disponibilizar aos estados e municípios a plataforma "Coronavírus Brasil", para que os entes possam gerenciar os dados epidemiológicos.

Ao público, plataforma (que pode se acessada em https://covid.saude.gov.br/) traz dados de casos nos estados, o percentual por região, a quantidade de novas confirmações por dia, a evolução da epidemia no país, além de informações sobre a situação dos pacientes em internação e dos recuperados.

Os dados, segundo o ministério, serão atualizados em tempo real.

"A gente lança, a partir de meia-noite, um instrumento de notificação que vai funcionar automaticamente. Ou seja, a partir de amanhã as unidades de saúde, os municípios, os estados, vão gerenciar o seu próprio dado. Isso é uma evolução, um ganho importantíssimo", explica o secretário de Vigilância.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.