Quarta, 03 de Junho de 2020 04:23
89 98115-5652
Dólar comercial R$ 5,21 -3.23%
Euro R$ 5,82 -2.666%
Peso Argentino R$ 0,08 -3.193%
Bitcoin R$ 52.423,55 -0.359%
Bovespa 91.046,38 pontos +2.74%
Notícias EXTREMO SUL

Apenas sete cidades possuem leitos de UTI no Piauí

Nenhuma delas no extremo Sul do Piauí; ‘antiga UPA’ de Bom Jesus passa por mais uma reforma para receber leitos.

22/05/2020 17h04 Atualizada há 2 semanas
Por: REDAÇÃO
Apenas sete cidades possuem leitos de UTI no Piauí

Em todo estado do Piauí, apenas sete cidades contam com leitos de UTI, são elas: Floriano, Oeiras, Parnaíba, Picos, Piripiri, Teresina, São Raimundo Nonato. A informação consta no próprio site do Governo do Estado. Ao todo, são 180 leitos. 

Nota-se que não há nenhum leito de UTI no extremo Sul do Piauí, e a situação que já era preocupante se tornou ainda mais grave com a pandemia do novo coronavírus, visto que a doença se espalha rapidamente pela região, que conta com mais de R$ 300 mil habitantes e uma área equivalente a Portugal. 

A população reclama há tempos do descaso do governo na área da saúde. O Hospital Regional de Bom Jesus é o mais estruturado, mas as UTIs prometidas anos atrás não chegaram, e o mesmo vive sobrecarregado com pacientes de mais de 20 cidades, visto que os hospitais de Corrente, Curimatá, Gilbués e Uruçuí não possuem estrutura adequada.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bom Jesus, que passou por inúmeras reformas sem atender um paciente sequer, foi transformada em uma Policlínica. Para isso, precisou passar por mais uma reforma. Com a pandemia do novo coronavírus, o Governo do Estado, com ajuda da Enel Green Power, decidiu instalar 10 leitos de UTI no prédio da “antiga UPA”. Para isso, novamente, está sendo feita uma reforma no local, que ainda não foi concluída. 

Enquanto as inúmeras reformas se acumulam ao longo dos anos, a população sofre e vê de forma preocupante do avanço da Covid-19, que já contaminou quase 100 e ceifou a vida de nove pacientes da região.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.