Segunda, 13 de Julho de 2020 18:44
89 98115-5652
Dólar comercial R$ 5,39 1.21%
Euro R$ 6,12 +1.712%
Peso Argentino R$ 0,08 +1.198%
Bitcoin R$ 52.839,51 +0.364%
Bovespa 98.697,06 pontos -1.33%
Notícias BOM JESUS-PI

Marcos Elvas mostra-se preocupado com a reabertura do comércio

A secretária Clédja citou a falta de estrutura no Hospital Regional de Bom Jesus.

26/05/2020 12h30 Atualizada há 2 meses
Por: João Victor
Foto: Dário Folha
Foto: Dário Folha

A Prefeitura Municipal de Bom Jesus realizou na manhã de hoje (26) mais uma coletiva de imprensa para tratar sobre o enfrentamento da Coviv-19 no município. O prefeito Marcos Elvas e a vice-prefeita e secretária de Saúde Clédja Benvindo estiveram presentes.

Apresentando dados sobre o número de casos confirmados e estudos com estimativas, o prefeito destacou que, em todo país, o vírus tem avançado pelas cidades do interior. Bom Jesus tem 17 casos a cada 10 mil habitantes, estando abaixo da média nacional (18/10 mil) e acima da média estadual (11/10 mil).

O gestor mostrou-se ainda preocupado com o fato de que alguns comerciantes seguem funcionando normalmente na cidade, desrespeitando decretos estaduais e municipais. “Não darei ordem para que a polícia prenda nem feche à força o comércio de ninguém, mas essas pessoas que estão desrespeitando os decretos assumem o risco de responderem processos cíveis e criminais. O comércio tem sim que ser aberto e o meu desejo é que isso ocorra o mais rápido possível, mas com responsabilidade e seguindo as recomendações dos órgãos de saúde”, disse Marcos Elvas, que ressaltou que não tomará medidas que prejudiquem ou coloque em risco a vida dos bonjesuenses.

Segundo o gestor, houve bastante flexibilização nos decretos de Bom Jesus, onde o setor produtivo do Agronegócio e também a Construção Civil seguem funcionando, respeitando os protocolos adequados.

O prefeito destacou que Bom Jesus teve uma queda significativa na arrecadação em um período que tem tido que fazer investimentos necessários na área da Saúde.

A Secretária Clédja Benvindo destacou que Bom Jesus tem se destacando na quantidade de testes que já foram realizados, tanto pela rede pública como também pela rede privada. A mesma disse ainda que o município tem feito o dever de casa, estando preparado para atender pacientes com sintomas leves.

A gestora mostrou-se preocupada com a falta de estrutura do Hospital Regional de Bom Jesus e que as UTIs prometidas não cheguem a tempo. “É uma situação que venho acompanhando há oito anos, houve um aumento inclusive no número de partos que tiveram que ser transferidas porque o hospital não dispõe de estrutura para atendê-las”, contou.

Por fim, Cledja pediu a todos que cuidem dos idosos, os mais vulneráveis neste momento, e que todos façam sua parte para que juntos seja possível superar a doença.

Assista a coletiva na íntegra: 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Bom Jesus (@prefeituradebomjesus) em

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.