Quinta, 24 de Setembro de 2020 15:27
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,5 -1.58%
Euro R$ 6,43 -1.49%
Peso Argentino R$ 0,07 -1.757%
Bitcoin R$ 62.152,41 +4.201%
Bovespa 97.753,07 pontos +2.11%
Notícias VEJA DICAS

Nutricionista fala sobre fatores que podem agravar a Covid-19

Entre elas está a obesidade, diabetes e tabagismo. Veja dicas do especialista.

24/06/2020 09h39
Por: Redação
Nutricionista fala sobre fatores que podem agravar a Covid-19

Covid-19 x nutrição funcional

Neste período de pandemia, muitas pessoas me perguntam: nutri Gilvan Bernardo, como preparar o meu terreno para ser menos fértil para o desenvolvimento de um vírus como a Covid-19?

Vamos ver o que a ciência descobriu sobre fatores de riscos para o desenvolvimento e mortalidade por covid-19, ou seja, quais fatores tornam o seu terreno propício para ele.

Obesidade

Segundo o epidemiologista francês, Jean François Delfraissy, a obesidade é o principal fator de risco para a covid-19.

Recomendações do nutri: procure um nutricionista para adequar seu plano alimentar e faça exercícios físicos. Começa o seu emagrecimento agora, cada grama de gordura que você perder conta. Coma comida de verdade, descasca mais e desembale menos, caso tenha embalagem, quando menos ingredientes no rotulo melhor, prefira alimentos in natura, coma mais frutas, verduras e legumes.

Diabetes

Estudos indicam um aumento da gravidade com mortalidade chegando a 20% dos diabéticos quem desenvolve a covid 19. Glicemia acima de 178 mg/dl aumenta a mortalidade por covid, glicemia acima 200 mg/dl aumenta a inflamação, fator chave na mortalidade por covid-19.

Recomendações do nutri: faça acompanhamento com seu medico e seu nutricionista para manter os níveis de glicemia sanguínea controlados, estratégias nutricionais reduzem os níveis de glicemia do sangue.

Tabagismo

O Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Pan Americana de Saúde afirma que fumar aumenta o risco da forma grave da covid-19.

Recomendações do nutri: parar de fumar o quanto antes ou reduz o numero de cigarro por dia, já pode ser de algum auxílio. Procure um nutricionista para adequar a deficiência crônica de vitaminas e minerais, especialmente vitamina C e outros antioxidantes.

Nutrição

A nutrição é fator determinante da saúde imunológica do ser humano. Neste sentido diversas sociedades já se pronunciaram em relação aos efeitos de micronutrientes na saúde imunológica nesta pandemia como a ABRAN – ASSOCIAÇÃO Brasileira de nutrologia, international Society for nutrition mmuno e o the institute for fuctional medicine, um ótimo guia sobre alimentação e imunidade, citando micronutrientes como vitaminas A, D, C, E e minerais zinco, ferro, cobre e selênio, além de compostos bioativos presentes em alimentos funcionais, como prebióticos e outros que desempenham papéis fundamentai em todas as etapas do processo da resposta imune. Portanto, uma alimentação deficiente e em nutrientes, repercute de maneira negativa no sistema imunológico.

Recomendações do nutri: tenha uma alimentação colorida e variada, inclua castanhas, sementes de girassol, abobora, linhaça, frutas cítricas e amarelas, além de iogurtes ou kefir diariamente. Mas lembre-se: além desses micronutrientes específicos, todos os demais micronutrientes e macromicronutrientes devem estar todos ajustados.

Procure o seu nutricionista para ajustar a sua alimentação de acordo com as suas necessidades individuais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.