Sábado, 26 de Setembro de 2020 13:06
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,55 0.8%
Euro R$ 6,47 +0.49%
Peso Argentino R$ 0,07 +1.02%
Bitcoin R$ 63.190,16 +0.019%
Bovespa 96.999,38 pontos -0.01%
Notícias BRASIL

Má postura corporal pode provocar lesões e afetar o estado psicológico durante home office

É importante a cada três horas trabalhadas paralisar as atividades e alongar membros do corpo.

24/06/2020 16h13 Atualizada há 3 meses
Por: Redação
Fisioterapeuta Wilma Keury
Fisioterapeuta Wilma Keury

Em cenário de pandemia, o home office ganhou destaque nas atividades laborais como uma alternativa de manter o exercício profissional das empresas. Contudo, problemas podem ser ocasionados aos colaboradores devido à má postura corporal dentro de casa. Uma pesquisa realizada no ano passado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), aponta que cerca de 80% da população mundial sofre com dores nas costas ou no corpo devido a postura incorreta.

Em home office, muitos profissionais que têm trabalhado em casa não se atentam à postura durante a rotina de trabalho. A fisioterapeuta da Dmi, Wilma Keury, informa que diversos problemas podem ser ocasionados. "Alguns problemas podem surgir como a lombalgia, que é uma lesão na lombar, a hipercifose, também conhecida como corcunda, e a tendinite. Também afeta o estado psicológico levando ao esgotamento e cansaço por forçar demais os músculos. Além disso, causa dor nas costas, má circulação, prisão de ventre, problemas respiratórios, dentre outros problemas por compressão exagerada", explica.

Com a quarentena se alongando, quem sofre com essa adaptação é o corpo. Diante disso, é importante a cada três horas trabalhadas, por exemplo, paralisar as atividades por cinco minutos e aproveitar para caminhar e alongar membros do corpo como braços, pernas, pescoço e mãos. "Recomendamos sempre a prática de alongamentos, as costas devem estar eretas, ombros para trás e glúteos encostados na parte posterior da cadeira. Levante-se regularmente, os pés devem estar bem apoiados no chão e nunca cruzados", ressalta a especialista.

Wilma Keury faz uma orientação ainda para àquelas pessoas que necessitarem de uma ajuda profissional. "As pessoas que passam muito tempo sentadas, em frente ao computador, sempre devem movimentar os ombros, pescoço, fazer uma massagem, praticar atividade física e alongamentos. Quando passar a pandemia, se necessário, elas devem procurar um profissional ortopedista ou fisioterapeuta. Tratamentos mais leves podem ser feitos por fisioterapia convencional, já em casos mais graves pode ser necessária as técnicas de pilates, Reeducação Postural Global (RPG), dentre outros", finaliza a fisioterapeuta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.