Domingo, 09 de Agosto de 2020 23:21
89 98115-5652
Dólar comercial R$ 5,41 1.305%
Euro R$ 6,4 +1.101%
Peso Argentino R$ 0,07 +1.907%
Bitcoin R$ 67.932,99 +2.309%
Bovespa 102.775,55 pontos -1.3%
Notícias PIAUÍ

Ex-deputado Juraci Leite morre aos 88 anos vítima da covid-19

O ex-parlamentar estava internado há 12 dias em um hospital de Teresina.

13/07/2020 16h04
Por: João Victor Fonte: Cidade Verde
Ex-deputado Juraci Leite morre aos 88 anos vítima da covid-19

Morreu nesta segunda-feira (13), em Teresina, o ex-deputado estadual Juraci Leite. Ele estava internado em um hospital particular onde enfrentava um tratamento há dez dias contra a covid-19. O ex-parlamentar tinha 88 anos e exerceu oito mandatos no Legislativo. A esposa dele, Jandira Leite, faleceu no mês passado.

Natural de Pedro II, Juraci Leite se formou em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará.  Foi professor do Instituto Federal do Piauí e da Universidade Federal do Piauí, além de diretor do Colégio Estadual Zacarias de Góis, o Liceu Piauiense. Ele completaria 89 anos no dia 24 de setembro.

Segundo o deputado estadual Wilson Brandão, que também é de Pedro II, o ex-parlamentar chegou a ser entubado ontem, mas não resistiu e veio a falecer nesta segunda. O deputado lamentou a morte do amigo.

"Deixa uma grande lacuna na política do Piauí. Foi um grande deputado. Priorizava a suas bases e tinha uma atenção especial pelos amigos", afirmou.

Na política, Juraci Leite se elegeu deputado estadual em 1982 pelo extinto PDS. Foi reeleito no pleito seguinte já pelo antigo PFL. O ex-deputado se elegeu ainda em 1994, 1998, 2002 e 2006.

Filiado ao DEM foi novamente reeleito em 2010, deixando a sigla posteriormente e migrando para o PSD. Em 2014, o então parlamentar desistiu de disputar novamente uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí, casa ontem ocupou o cargo máximo de presidente.

No dia 22 de dezembro de 2014, a Alepi homenageou Juraci Leite no seu último dia de mandato. Em seu discurso, falou de seus estudos no colégio Diocesano, depois em São Luis e por último em Fortaleza, onde contou com o apoio de seu padrinho, Tertuliano Brandão. O deputado disse que, já formado em odontologia, foi trabalhar inicialmente em Piripiri, onde ficou apenas por três meses, mudando-se para Batalha. Foram 28 anos na profissão e 32 como deputado estadual. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.