Domingo, 27 de Setembro de 2020 08:00
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,55 0.8%
Euro R$ 6,47 +0.49%
Peso Argentino R$ 0,07 +1.02%
Bitcoin R$ 62.711,23 -0.739%
Bovespa 96.999,38 pontos -0.01%
Notícias BOM JESUS-PI

Feminicídio: Sindicalista Maricô repudia violência contra mulher

A mesma pediu conscientização da sociedade e agilidade da justiça.

11/09/2020 12h21 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Feminicídio: Sindicalista Maricô repudia violência contra mulher

O Portal B1 conversou na manhã desta sexta-feira (11) com a Sindicalista Maricô, Secretária de Finanças do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bom Jesus. A mesma falou sobre o recente e trágico caso de feminicídio no município.

“O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bom Jesus está de luto, estamos todos muito tristes e revoltados com o que aconteceu, algo inaceitável. Um crime brutal que não pode ficar impune”, enfatizou Maricô.

A sindicalista ainda destacou ser de suma importância que os órgãos competentes realizem campanhas para conscientizar a população a denunciar quaisquer atos de agressões sofridas por mulheres, dentro ou fora de seus lares.

“Não existe essa de que ‘em briga de marido e mulher ninguém mete a colher’, atos de agressões devem ser denunciados, todos precisam fazer sua parte”, ressaltou.

E prosseguiu: “Nenhuma mulher apanha porque quer, muitas vezes há medo e insegurança, a justiça precisa ser mais ágil para afastar agressores de suas vítimas e da sociedade. Mulheres precisam ficar atentas e ao menor sinal de agressão denunciar imediatamente”.

É válido ressaltar que há em Bom Jesus, na Delegacia Regional de Polícia Civil, uma delegada para atendimento de mulheres que estejam sendo vítimas de violência doméstica e/ou crimes da mesma natureza. Denúncias, tanto por parte das vítimas como de testemunhas, podem ser feitas de forma anônima.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.