Terça, 01 de Dezembro de 2020 17:43
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,23 -2.215%
Euro R$ 6,3 -1.41%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.113%
Bitcoin R$ 105.060,64 -2.551%
Bovespa 111.313, pontos +2.22%
Notícias COLÔNIA DO GURGUEIA

Prefeita Doquinha é acusada de manter parentes em secretarias

De acordo com a denunciante, as secretarias de Administração e Finanças, Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social e Transportes são todas ocupadas por parentes.

21/10/2020 08h30
Por: Redação Fonte: GP1
Prefeita Doquinha é acusada de manter parentes em secretarias

A prefeita de Colônia do Gurgueia, Alcilene Alves, mais conhecida como Doquinha, candidata à reeleição, é acusada de manter parentes em secretarias da Prefeitura. As nomeações foram assinadas assim que ela assumiu, em 2017, sendo que a maioria continua nos cargos.

De acordo com a denunciante, que preferiu não se identificar, as secretarias de Administração e Finanças, Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social e Transportes são todas ocupadas por parentes da prefeita.

Segundo a relação apresentada, Edcarlos Dalei, que é cunhado (casado com uma irmã da prefeita), ocupa a Secretaria de Administração e Finanças; Katarina Mikaela Almeida de Araújo, que é sobrinha (filha de uma irmã da prefeita), é secretária da Saúde; Delsimar de Sousa Almeida cunhado (casado com uma irmã da prefeita e pai da secretária da Saúde) é secretário do Meio Ambiente; Agenilton Alves de Araújo, secretário de Assistência Social, é irmão da prefeita, e Miguel Cardoso, secretário de Transportes, também é cunhado (casado com uma irmã da prefeita).

Justiça

A prefeita foi denunciada à Justiça pelo Ministério Público do Estado do Piauí acusada da prática de nepostismo ainda em 2018. O processo tramita na Vara Única de Manoel Emídio e ainda não foi julgado.

Nepotismo

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o nepotismo é o favorecimento dos vínculos de parentesco nas relações de trabalho ou emprego e é uma prática que viola as garantias constitucionais de impessoalidade administrativa, na medida em que estabelece privilégios em função de relações de parentesco e desconsidera a capacidade técnica para o exercício do cargo público.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.