Terça, 01 de Dezembro de 2020 18:02
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,23 -2.215%
Euro R$ 6,3 -1.41%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.113%
Bitcoin R$ 104.746,77 -2.842%
Bovespa 111.216,13 pontos +2.13%
Notícias PIAUÍ

Acusada de arrancar testículo de homem em Miguel Alves é indiciada no PI

A mulher é acusada de arrancar testículo de um homem com os dentes.

22/10/2020 18h35
Por: Redação Fonte: GP1

A Polícia Civil do Piauí, por meio do 20º Distrito Policial de União, concluiu inquérito e indiciou, por lesão corporal, a acusada de arrancar o testículo de um homem identificado apenas como Pedro, com os dentes, no último dia 5 de setembro no município de Miguel Alves.

O titular do 20º DP, delegado Francírio Queiroz, informou que a acusada alegou ter realizado ação de arrancar o testículo da vítima por conta de uma tentativa de estupro, porém essa versão foi negada durante investigação da polícia.

“Concluímos esse inquérito, levando ao indiciamento da mulher pelo crime de lesão corporal. Ela alegou a mesma versão que andou circulando em redes sociais, que a motivação do crime foi devido a uma tentativa de estupro, realizada pela vítima. Só que na investigação, essa versão não foi constatada”, informou o delegado.

Entenda o caso

Um homem identificado apenas como Pedro teve um dos testículos arrancados com os dentes. A suspeita é a própria companheira, de iniciais B. J. A. O caso foi registrado na madrugada de sábado 5 de setembro no bairro Vacaria, na cidade de Miguel Alves. Com a situação, familiares do rapaz o socorreram para o Hospital Estadual de União.

O comandante da Polícia Militar de União, capitão Miguel Luz, informou que os familiares narraram que a acusada se aproveitou de alguma situação íntima do casal e arrancou um dos testículos com os dentes.

Pedro foi socorrido logo depois e deu entrada no Hospital de União em estado grave. A Polícia Militar e a Polícia Civil do município não foram acionadas para atender a ocorrência, mas se a situação for encaminhada à Polícia Civil o caso passará a ser investigado e a companheira da vítima pode responder por lesão grave.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.