Terça, 01 de Dezembro de 2020 17:15
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,23 -2.215%
Euro R$ 6,3 -1.35%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.113%
Bitcoin R$ 105.734,98 -1.926%
Bovespa 111.432,12 pontos +2.33%
Notícias EXTREMO SUL

Escolas do Extremo Sul receberão investimento de R$ 7 milhões

Veja quais as escolas beneficiadas.

23/10/2020 08h24 Atualizada há 1 mês
Por: Redação

O governador Wellington Dias visita municípios do sul do estado, nesta sexta-feira (23) e sábado (24), e assina a autorização para início de obras de reforma e construção de escolas da Rede Estadual de Ensino por meio do programa PRO Piauí. O chefe do Executivo piauiense irá aos municípios de Curimatá, Morro Cabeça no Tempo, Redenção do Gurguéia, Bom Jesus, Corrente e Barreiras.

Entre ordens de serviço e autorização para licitação, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) receberá inicialmente investimentos na ordem de R$ 7 milhões. Os recursos são oriundos dos precatórios do Fundef, pelo Programa PRO Educação.

Na sexta-feira, em Curimatá, será autorizada a reforma geral, instalação de subestação e climatização no Ceti Desembargador Amaral. Em Morro Cabeça no Tempo, autoriza a reforma geral, ampliação, climatização com instalação de subestação e construção de quadra poliesportiva na Unidade Escolar Leda Napoleão, correspondendo ao valor total de R$ 1.922.750.52.

Ainda na sexta, mas no município de Redenção do Gurguéia, três escolas serão beneficiadas. O Centro de Ensino Médio José Soares recebe reforma geral, climatização e construção de quadra poliesportiva. A Unidade Escolar Marcos Parente e Unidade Escolar Petrônio Portela serão reformadas e climatizadas, com instalação de subestações de energia.

Já em Bom Jesus, o Ceti Franklin Dória será contemplado com a reforma geral, climatização e instalação de subestação. A Unidade Escolar Araci Lustosa recebe investimento de R$ 1.090.294,04 para a construção de quadra poliesportiva e ampliação de um bloco com biblioteca, laboratório de ciência, refeitório e cozinha.

No sábado, a comitiva governamental chega a Corrente com projetos para todas as áreas estratégicas de desenvolvimento. Na educação, o governador Wellington Dias autoriza a abertura de processo licitatório para construção de nova escola com verticalização, contendo cinco salas de aula, sala de multimídia, laboratório de informática, biblioteca, refeitório, cozinha e área administrativa no local onde funciona a Unidade Escolar Des. João Pacheco Cavalcante, no valor de R$2.873.520,36. No Ceti Dr. Dionísio Rodrigues Nogueira será feita reforma, ampliação e climatização no valor total de R$ 846.859,75 .

A Unidade Escolar Cel. Justino Cavalcante Barros e a Unidade Escolar Joaquim Antônio Lustosa também receberão reforma geral, ampliação, instalação de subestação, climatização e conclusão de quadra poliesportiva.

Barreiras do Piauí também será contemplada com  investimentos na educação. A Unidade Escolar Cristian Barreira Parente passará por reforma geral e ampliação, climatização com instalação de subestação de energia e construção de quadra poliesportiva.

O gerente da 14ª GRE, sediada em Bom Jesus, Reginaldo Vaz da Costa, comemora as melhorias de infraestrutura nos municípios da região, que beneficiarão mais de dois mil alunos.

“Quero aqui externar a minha alegria de estar vivenciando essas melhorias feitas pelo nosso governador Wellington Dias em nossas escolas. O resultado será alcançado no processo de ensino-aprendizagem em virtude de termos nelas uma estrutura física de qualidade, laboratórios, equipamentos, construção de quadras, tudo para que nossa comunidade escolar tenha um ambiente prazeroso à sua disposição. Então, este momento é só de agradecimento em nome de todos que fazem a 14ª GRE”, relata o gerente regional.

Já nas sete escolas que compõe a 15ª GRE, com sede em Corrente, serão contemplados cerca de 2.500 alunos e profissionais da educação com as obras autorizadas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.