Terça, 01 de Dezembro de 2020 17:48
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,23 -2.215%
Euro R$ 6,3 -1.41%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.113%
Bitcoin R$ 105.060,64 -2.551%
Bovespa 111.313, pontos +2.22%
Notícias SÃO PAULO

Pastor e fiel morrem por afogamento após batismo em represa

Acidente aconteceu por volta do meio-dia deste domingo (25).

27/10/2020 16h10
Por: Redação
Pastor e fiel morrem por afogamento após batismo em represa

Um pastor e um fiel de uma igreja evangélica morreram afogados pouco depois da realização de batismos, em uma represa na região de Nazaré Paulista (Grande SP), por volta do meio-dia deste domingo (25).

Segundo uma testemunha, o pastor Davi dos Santos, 40 anos, batizou algumas pessoas, durante a manhã, na represa Atibainha. Os ritos religiosos foram acompanhados por algumas pessoas, entre elas, pelo presbítero Samuel Sérgio, 38.

O pastor evangélico Davi dos Santos, 40 anos, morreu afogado ao tentar ajudar o presbítero Samuel Sérgio, 38, quando ambos estavam em uma represa de Nazaré Paulista (Grande SP) neste domingo (25). Antes de os religiosos retornarem para casa, em Guarulhos (Grande SP), algumas pessoas resolveram se refrescar na represa. Instantes depois, Sérgio teria gritado por socorro, momento em que o pastor entrou na água para ajudar, sem sucesso, ao amigo e fiel da Assembleia de Deus.

Ambos morreram no local, como foi constatado após os corpos serem resgatados pelos bombeiros. As duas vítimas foram encaminhadas ao IML (Instituto Médico Legal). O caso foi registrado na delegacia de Nazaré Paulista como morte acidental.

Na redes sociais, amigos lamentaram a morte do pastor e do presbítero, que aparecem juntos em fotografias, uma delas inclusive durante um batismo em represa.

O estado de São Paulo tem registrado uma sequência de afogamentos. Somente no feriado de 12 de outubro foram 12 mortes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.