Quarta, 02 de Dezembro de 2020 03:45
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,23 -2.215%
Euro R$ 6,3 -1.41%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.113%
Bitcoin R$ 104.255,74 -1.661%
Bovespa 111.216,13 pontos +2.13%
Notícias PIAUÍ

Eleições: PM vai monitorar ocorrências em tempo real nos 224 municípios do Piauí

Uma tropa de 1.400 policiais militares que vão atuar durante o pleito municipal no interior do estado.

12/11/2020 10h39 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação

Um Centro Integrado de Comando e Controle Estadual que atuará na segurança das eleições foi montado no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Piauí (QCG) e começa a funcionar a partir desta quinta-feira (12). Do local aconteceu também o embarque de parte da tropa de 1.400 policiais militares que vão atuar durante o pleito municipal no interior do estado. 

"Essa é a maior operação que realizamos aqui no Estado, quase todo o nosso efetivo está sendo empregado nessa operação. São quase 5.200 policiais, de um total de 6 mil. Além disso, envolve todos os municípios na mesma operação, com as forças de segurança. Onde houver um local de votação vai ter um policial militar", afirmou o comandante da PM, coronel Lindomar Castilho.

O Centro Integrado tem conexão com Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, instalado no Ministério de Justiça e Segurança Pública, e servirá de apoio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). 

Foto: Naty Santos/ Especial para o Cidadeverde.com

Durante a operação, os oficiais que vão comandar o policiamento nos municípios do interior utilizarão um sistema de formulários que permitirá ao Centro Integrado acompanhar as demandas e ocorrências em tempo real.

"Os oficiais devem alimentar o sistema que foi criado para que as demandas sejam direcionadas. O que for parte da polícia militar será encaminhado à polícia, o que for de responsabilidade da Justiça Eleitoral será direcionado, e assim por diante. O centro é realmente para termos conhecimento, praticamente em tempo real, de tudo que acontece nos locais de votação" , explicou o comandante da PM.

O Centro Integrado vai funcionar na sala da Diretoria de Gestão de Pessoas, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar. No local estarão presentes também representantes da Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Tribunal Regional Eleitoral(TRE) e Guarda Municipal. 

Os trabalhos no centro integrado serão coordenados pelo tenente coronel Edson. Ele explica que, além de direcionar as ações no Estado, os membros do centro integrado também ficarão responsáveis por alimentar o sistema do Ministério da Justiça com informações do Estado do Piauí. 

"A medida que as ocorrências forem chegando, através do comandante do policiamento da cidade, vamos tratar e colocar no sistema nacional", explicou. 

Os dados de ocorrências registradas através do Centro Integrado também devem ser divulgados à sociedade e à imprensa através de boletins emitidos pela Diretoria de Comunicação da Polícia Militar. 

Ao todo, a Polícia Militar vai empregar 5.267 policiais nos 224 municípios. Em Teresina, pela primeira vez, a Guarda Civil Municipal também vai atuar em diversos locais de votação. O Piauí tem 3.499 locais de votação, em 82 zonas eleitorais.

Cada zona eleitoral contará com Delegado de Polícia Civil, agentes e escrivães. A tropa federal também vai atuar no Piauí. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.