Terça, 15 de Junho de 2021 13:42
89 98127-8118
Notícias CURIMATÁ-PI

Coligação ‘Curimatá no rumo certo’ requer investigação de suposta compra de votos com dinheiro falso

O prefeito Valdecir Júnior já havia denunciado a circulação de notas falsas no município.

14/11/2020 10h32 Atualizada há 7 meses
Por: Redação - Portal B1
Coligação ‘Curimatá no rumo certo’ requer investigação de suposta compra de votos com dinheiro falso

A coligação “Curimatá no Rumo Certo”, composta pelos partidos PP, PSDB, PDT, DEM, PODEMOS e PTB, que tem o atual prefeito Valdecir Júnior como candidato à reeleição, requereu junto a Superintendência Regional da Polícia Federal do Piauí a abertura de investigação para apuração de crimes conta a fé pública, envolvendo campanha eleitoral no município.

Segundo denunciou o prefeito, notas falsas de R$ 20, R$ 50, R$ 100 e R$ 200 estão sendo distribuídas em Curimatá, supostamente para arrebatar o voto de eleitores do município. O Portal B1 havia noticiado o fato na última quinta-feira (12).

Considerando que o crime de moeda falsa está previsto no artigo 289 do Código Penal, bem como a compra de votos está prevista no art. 299 do Código Eleitoral, a coligação requer a abertura de investigação para apurar o liame entre as duas práticas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.