Segunda, 25 de Janeiro de 2021 16:45
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,51 0.546%
Euro R$ 0, 0%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.53%
Bitcoin R$ 196.302,27 +0.437%
Bovespa 117.380,49 pontos -0.8%
Notícias PIAUÍ

Laboratório investiga dois casos de reinfecção por Covid-19 no Piauí

No mundo, são 30 casos confirmados de reinfecções e 2.049 sob suspeita.

31/12/2020 07h32
Por: Redação

O Laboratório Adolfo Lutz, em São Paulo, investiga dois casos de possíveis reinfecções por Covid-19, no Piauí. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (30) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi).

O governo do estado informou que três casos de pacientes com dois testes positivo para o novo coronavírus foram encaminhados para o laboratório.  

A Fundação Municipal de Saúde informou ao portal Cidadeverde.com que há cerca de quatro meses enviou amostras de seis pacientes com possíveis reinfecções em Teresina. Os materiais foram recebidos pelo Lacen (Laboratório Central do Piauí) para depois serem enviados para São Paulo. 

A coordenadora de epidemiologia da Sesapi, Amélia Costa, informou que dos três casos, um já foi descartado pelo laboratório Adolfo Lutz.

“A amostra estava com menos de 90 dias da data que ele fez a primeira infecção e o laboratório já descartou, não processou”, informou Amélia Costa. 

Na última quarta-feira, a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) publicou um novo estudo onde reafirma a possibilidade de reinfecção pela Covid-19 – ressaltando ainda que pegar a doença uma segunda vez pode fazer com que ela venha mais forte que na anterior.

O Ministério da Saúde – dados mais recente de 21 de dezembro – O Brasil tinha dois casos de reinfecção confirmados e pelo menos 58 casos suspeitos em análise.

A reinfecção é considerada pelo protocolo do Ministério da Saúde quando a pessoa que recebeu positivo em um teste do tipo PCR para coronavírus e, 90 dias depois ou mais, novamente testou positivo. É feito também um sequenciamento do genoma das amostras para demonstra que se trata de duas infecções diferentes, e não do "ressurgimento" ou fortalecimento do mesmo agente infeccioso em um primeiro adoecimento.

No mundo, são 30 casos confirmados de reinfecções e 2.049 sob suspeita.

O primeiro caso confirmado no mundo, em agosto, foi o de um morador de Hong Kong de 33 anos. Ele teve covid-19 primeiro em março, e depois em agosto.

No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de reinfecção em 10 de dezembro. Uma profissional de saúde de 37 anos, moradora de Natal (RN), teve sintomas leves e PCR positivo em junho e outubro. 

O segundo caso no país é de uma auxiliar de enfermagem de Fernandópolis (SP) de 41 anos. Ela teve sintomas em ambas infecções.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.