Sexta, 05 de Março de 2021 19:54
89 98127-8118
Dólar comercial R$ 5,68 0.447%
Euro R$ 6,77 -0.03%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.36%
Bitcoin R$ 294.298,04 +1.004%
Bovespa 115.202,23 pontos +2.23%
Notícias EM GILBUÉS-PI

Sindicato Rural de Bom Jesus repudia ação que despejou famílias indígenas

Ação aconteceu no município de Gilbués e foi considerada pelo sindicato como 'desumana e arbitrária'.

15/01/2021 11h55 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Geral
Sindicato Rural de Bom Jesus repudia ação que despejou famílias indígenas

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Município de Bom Jesus (STTR-BJ) emitiu uma nota de repúdio após famílias indígenas serem despejadas das terras que habitavam na comunidade Morro D’água, zona rural de Gilbués-PI.

Veja abaixo a nota:

“O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Município de Bom Jesus REPUDIA a ação que consideramos desumana e injusta em que foram vítimas famílias que moram na comunidade Morro D’água, zona rural de Gilbués.

Pessoas humildes, de maioria analfabeta e que viviam nas terras desde que nasceram, incluindo idosos e uma criança deficiente, foram surpreendidas com uma decisão judicial, em que o autor da ação, juntamente com um oficial de justiça e policiais militares estiveram no local na tarde desta quinta-feira (14) e deram um prazo de apenas três horas para que deixassem o local, sem os dar assim nem ao menos a possibilidade de retirarem seus bens do local.

A ação arbitrária fere os direitos humanos das vítimas, que tem nas terras seu único meio de vida e que nelas sempre viveram. É inadmissível tal tratamento dado aos mesmos. É necessário que autoridades competentes tomem providências urgentes quanto à relatada situação e que as famílias indígenas não sejam prejudicadas.

O STTR-BJ coloca-se à inteira disposição das vítimas e pede a união dos sindicatos e entidades em torno da causa.”

Almezir da Silva

Presidente do STTR-BJ 

Maria de Fátima (Maricô)

Secretária de Finanças do STTR-BJ

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.