Quinta, 06 de Maio de 2021 12:44
89 98127-8118
Notícias PIAUÍ

PI: Covid-19 estabiliza em alta e secretário não descarta medidas

Abril superou março e se tornou o mês com mais óbitos na pandemia.

26/04/2021 17h40
Por: Redação Fonte: Cidade Verde

O Piauí estabilizou em alta os casos de Covid-19. O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reforça que a situação segue monitorada por autoridades de saúde e que, se necessário, haverá retrocesso para medidas mais restritivas. A declaração do gestor foi dada, nesta segunda-feira (26), dia em que começou a valer um novo decreto que flexibilizou o funcionamento de bares e restaurantes no Piauí.

"Está estabilizado na alta, mas temos uma tendência de estabilização. A fila por leitos clínicos e de UTI vem diminuindo a cada dia e temos a diminuição da média móvel do número de óbitos [...] é importante que a gente entenda que, gradativamente, temos que olhar para os setores econômicos [...] a partir do momento que os dados se mostrem menos graves, que nós possamos também ter uma evolução e diminuição das restrições e é o que está acontecendo", destacou o secretário. 

Ele reforça que, mesmo com a estabilização dos casos, a população deve manter os cuidados de prevenção individuais. 

"Esses dados não demonstram que temos uma tranquilidade, que podemos diminuir as medidas que cada um tem que tomar em relação ao uso de máscara, higienização das mãos, ao distanciamento entre as pessoas. Tudo isso continua", reitera. 

Florentino diz que a flexibilização do decreto, que possibilitou a aberturas de bares e restaurantes no sábado (02), segue uma reividicação da categoria. Sobre os flagrantes de descumprimento às normas sanitárias, inclusive com aglomeração, o secretário diz que "não é justo penalizar a todos em razão da falta de consciência, falta de colaboração, falta de entendimento e da falta de respeito à vida das pessoas". 

"Não podemos penalizar todo um setor, que temos ali garçons, cozinheiros, pessoal da limpeza, empresários, enfim, todo o setor, em razão da desobediência de alguns. A pena não pode ultrapassar daquele que efetivamente cometeu a infração. Neste momento é possível fazer este avanço, em sendo necessário o retrocesso para medidas mais restritivas, será dialogado com os setores, sociedade e adotar sem nenhum receio, pois é para preservação da vida", disse o secretário.

VACINAS

Sem citar data, o secretário informou que as novas doses da vacina contra a Covid-19 vão consolidar a campanha para o público-alvo a partir dos 60 anos. Ele também destacou o esforço de governadores do Nordeste para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dê o aval para a imunização com a  Sputinik V.

"Devemos ter 2.200 milhões de doses. Com isso, nós teríamos a capacidade de imunizar, imeditamente, 1 milhão de pessoas, a vacina vindo toda para o Piauí. O entendimento que essa vacina vá para o Plano Nacional de Imunização (PNI), que também é possível, aí a vacina comprada pelo Consórcio Nordeste estaria à disposição do PNI e essa remessa para o nosso estado partiria de um calendário nacional. O fato é que, independente do entendimento, nós temos a pretensão de trazer a Sputinik para contribuir com maior celeridade na campanha de vacinação que está sendo executada", disse Florentino Neto. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.