Segunda, 02 de Agosto de 2021 22:35
89 98127-8118
Notícias PIAUÍ

Contador da Câmara de Nazária se passava por criança morta há 17 anos

O caso foi divulgado pelo Fantástico e teve repercussão nacional.

15/06/2021 07h57 Atualizada há 2 meses
Por: Redação - Portal B1 Fonte: R10
Contador da Câmara de Nazária se passava por criança morta há 17 anos

Um escândalo divulgado pelo Fantástico na noite desse domingo, mostrou um contador que foi preso por fraudar o INSS, o homem inclusive era contador da Câmara Municipal na cidade de Nazária-PI.

O suposto Elber Fabrício Mendes Oliveira foi preso com sua esposa em 2017. O casal se passava por outras pessoas para receber quatro benefícios e causou um prejuízo aos cofres públicos de mais de R$ 2 milhões. Os dois foram condenados, mas só ele chegou a cumprir a pena em regime fechado. Depois de dois anos, Elber foi solto.

Só que Elber Fabricio Mendes não poderia ter sido preso em 2017, porque o verdadeiro Elber tinha morrido em 10 de novembro de 1987.

Segundo a Polícia Federal, os golpes iniciaram em 2004, quando Alecsander usou um documento falso para tentar fazer uma transferência de um veículo. Descoberto pela polícia, ele decidiu forjar a própria morte e assumir a identidade de uma criança morta anos antes, que teria naquela época a mesma idade que ele.

Ele procurou o alvo em um cemitério da cidade de Camocim (CE) e encontrou o nome de Elber Fabrício Mendes, garoto que morreu vítima de acidente de trânsito aos 10 anos.

Depois, segundo as investigações da polícia, foi até um cartório e conseguiu uma certidão de nascimento válida e passou então a viver com o nome de Elber. Ele emitiu legalmente todos os documentos necessários, chegando a se casar e se formar como contador com a identidade do menino.

Através de pesquisa na internet, foi constatado que o acusado tem ligações com o município de Nazária, distante cerca de 30km de Teresina. No site da transparência da Câmara Municipal de Vereadores de Nazária, aparece o nome de Elber Fabrício Mendes Oliveira como contador da Câmara, com o contrato no valor global de R$ 48.000,00, dividido em doze parcelas de R$ 4.000,00 para a prestação de serviços de assessoria técnica contábil com vigência do contrato até dezembro de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.